Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Responder
ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

Boas,

Perante projeto de licenciamento de moradias geminadas, isto é, na prática são duas "casas" que são tratadas como frações autónomas uma vez que se trata de um único licenciamento. Sendo que a entrada "principal" (de piso) de cada uma das frações é independente, mas partilhando uma garagem. Isto é, o único espaço comum entre as frações é a garagem.

1) Como proceder perante o ITED? Fariam com ATE na garagem? Ou acham que poderia ser justificável fazer duas redes ITED, como se trata-se de duas moradias unifamiliares?
Sei que a legislação obriga a ter ATE tratando-se de edifício multifamiliar, que na prática será o caso uma vez que é um único licenciamento para as duas habitações. Apenas gostaria de ter opiniões mais experientes, sobre o que na prática terá mais lógica e se existe também uma possível forma de justificar caso se opta-se por fazer duas redes individuais (sem ATE).

2) Na mesma situação, pergunto sobre a parte elétrica. Isto é, se em vez de se tratar de um único ramal para todo o edifício (conforme os prédios multifamiliares mais "usais"), se neste caso especifico poderia ter justificação um ramal próprio para cada fração? (sendo que assim estaria-se a evitar também projeto elétrico)
2.1) Nesta última questão, haveria ainda um "se não" em caso de ramal próprio para cada fração, o facto de haver garagem comum, como poderia ser tratado? Por um ramal próprio também para a garagem comum? Ou eventualmente, "ocultar" da ficha eletrotécnica a garagem e depois em obra o electricista fazer as ligações necessárias na garagem "repartidas" dentro do possível por fração?

Todas as opiniões e sugestões são bem vindas e desde já agradeço.
Cumprimentos



Avatar do Utilizador
Pedro Barradas
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 395
Registado: 31 mar 2011, 17:09
Profissão: ARQUITECTO| Projectista SCIE
Localização: ALENTEJO
Enviou: 27 vezes
Agradecimento recebido: 24 vezes

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por Pedro Barradas »

Neste caso havendo a garagem comum, tens de fazer através do ATE. Até porque assim sendo haverá necessidade de serviços comuns, pelo que na rede electrica o problema deverá ser o mesmo.
Haverá de prever iluminação de segurnaça na garagem, etc... certo?
Quem cria renasce todos os dias...
Agua-Mestra, Lda
ANPC 424

ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

Sim de facto, é o que faz mais sentido. Acontece é que por norma os empreiteiros ou donos de obra deste tipo de empreendimentos, querem é poupar o máximo possível e eventualmente em termos de preenchimento de ficha eletrotécnica daria para "contornar" de forma a não haver projeto elétrico, depois em obra se calhar era feito para lá umas "ligações manhosas" na garagem para cada uma das frações. Evitando-se a inspecção na parte elétrica (exemplo 1 ramal para cada fração e 6,9kVA para cada fração) se calhar não haveria problema nesta parte. Já no ITED nunca se sabe quando é que haverá alguma "inspeção" e no caso de acontecer, a justificação pela opção penso que seria mais complicada tendo em conta o que a legislação prevê (embora na prática não seja obrigatório se quer a instalação de tomadas ITED na garagem, que é a única parte comum).
Mas estou apenas a falar, sem grande conhecimento de causa na verdade.

ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

Mas eu estou de acordo que deve ser tratado como edifício multifamiliar e tudo o que lhe é enerente, até porque as coisas devem ser feitas realmente como a lei prevê.

Só mais duas situações, agora do ponto de vista mais prático, tratando-se então como moradia multifamiliar, então seria:
1) ITED: 1 CVM ------> 1 ATE na garagem -----> do ATE sai diretamente para os 2 ATI (cada fração) ----> e apenas 1 antena a ligar ao ATE.

2) ELETRICO: 1 portinhola ---------> 1 Quadro de colunas na garagem -----> desse quatro ligava directamente para os 2 quadros individuais de entrada (cada fração) ----> e ainda teria de ser instalado 1 Quadro de serviços comuns na garagem.

Estou a pensar bem ou estarei a dizer alguma barbaridade?

dsrsantos
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 232
Registado: 11 dez 2009, 16:34
Profissão: Projectista
Localização: Leiria
Enviou: 8 vezes
Agradecimento recebido: 23 vezes

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por dsrsantos »

Mas é mesmo só uma garagem? Já fiz muitos, mas em que há duas garagens uma encostada à outra? Não percebo a vantagem disso... Ou é uma cave comum que é garagem?

Do ITED, se houver electricidade de serviços comuns, é uma PAT que vai ao ATE, como em qualquer edificio colectivo. Se não houver serviços comuns , é um ATI por fração. Ao que parece isto vai mudar no ITED 4 e nos casos da geminadas passa mesmo a poder ser entradas independentes. Uma CVM e um ATI para cada fração, mas mantêm-se a obrigatoriedade de ter antenas, por serem mais de 1 fração.

Quanto à electricidade, se tudo tem entrada a partir da rua, não sei se não poderá até ter 3 entradas independentes... Eu diria que sim...

ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

A arquitetura ainda não estará na fase final e deverão estar a rever realmente a melhor maneira, mas à partida seria uma cave com função principalmente de garagem e que seria comum às duas frações, isto é, a mesma não teria divisões interiores.
Agora fiquei um pouco confuso, o facto de ser chamado como "cave", em vez de "garagem" pode levar a que seja tratado de maneira diferente?

Na minha opinião, a confirmar-se essa situação no ITED 4 que mencionou, parece me realmente fazer mais sentido. Porque no final de contas, esse tipo de construções normalmente são para depois serem habitadas de forma totalmente independentes.

Então na eletricidade diria 3 ramais independentes, 1 para cada fração e ainda 1 para a garagem/cave comum?

amoreira
Quadro de Honra
Quadro de Honra
Mensagens: 862
Registado: 22 out 2007, 22:10
Localização: Lisboa
Enviou: 1 vez
Agradecimento recebido: 9 vezes

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por amoreira »

Vê o documento em anexo já tem alguns anos mas penso ainda estar actualizado excepto que agora tens de prever potencia para carregamento de veículos eléctricos.

Eu optaria por uma solução com 3 ramais porque no futuro caso seja necessário solicitar aumentos de potencia será mais fácil e mais económico para quem o vier a requisitar.
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
-*-*-*-*-*-

ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

O que me faz mais confusão neste caso em concreto é o facto de criar também um ramal independente para a garagem, tendo em conta a situação especifica.

As conclusões a que eu estou a chegar é que parece-me que do ponto de vista do projeto elétrico, poderá não haver grande problema em tratar praticamente como "moradias unifamiliares" (instalações com ramais independentes) e quanto à parte do ITED já será o contrário, deverá mesmo ser tratado como "moradia multifamiliar" (existência de ATE). O que parece-me que cria um pouco de contra-senso.

Penso que de modo a tornar a coisa mais coerente, deveria de tratar ambas as especialidades de igual forma, neste caso, em quanto a lei do ITED se mantiver, se calhar o ideal seria mesmo tratar em ambas as especialidades como realmente instalações dependentes (colectivas).

Obrigado a todos pelas opiniões dadas até agora. :D

Avatar do Utilizador
Pedro Barradas
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 395
Registado: 31 mar 2011, 17:09
Profissão: ARQUITECTO| Projectista SCIE
Localização: ALENTEJO
Enviou: 27 vezes
Agradecimento recebido: 24 vezes

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por Pedro Barradas »

O problem aí foi criado pela arquitectura. complicou TUDO, com a solução de ter uma garagem comum para as moradias.
Ao nivel de SCIE, também penalizou a situação.
Isso tem de ter 3 ramais.
F-A; F-B e serviços comuns.

Cumprir com os requisitos para uma UT II... e etc.
Não conheço o projecto, mas duvido que não se pudesse ter solucionado com tudo devidamente compartimentado/ isolado. partilhando unica e somente a estrutura e eventualmente um aparte do logradouro que acede às garagens...

eu sou arquitecto, portanto estou à vontade... para criticar opções de projecto, em particular quando elas não têm em conta as consequências com as restantes especialidades. a meu ver é o problema de nunca haver um verdadeiro coordenador de projectos desde o inicio, não defende os interesses do Dono de obra e não se concilia/ optimiza a solução com todas as especialidades...
Quem cria renasce todos os dias...
Agua-Mestra, Lda
ANPC 424

ruiribeiro1
Curioso
Curioso
Mensagens: 9
Registado: 01 set 2018, 11:13
Profissão: Engenheiro
Localização: Porto

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por ruiribeiro1 »

De facto, a arquitetura estará a ser revista neste momento. Aguardamos novidades, poderá haver algumas mudanças quanto à compartimentação das garagens, ou não.

Imaginando agora que de facto as garagens ficam compartimentadas e o único espaço comum passa a ser apenas um logradouro exterior. Neste caso, utilizariam no ITED ATE exterior? Ou duas redes independentes (com 2 CVM's)?

Porque o ITED 3 diz que deve-se ter sempre ATE em edifício colectivo, nem que seja exterior. Como costumam tratar esses casos? E que tipo de justificação usam em caso de fazerem 2 redes individuais como se trata-se de moradias unifamiliares.

Avatar do Utilizador
projclvm
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1008
Registado: 12 jun 2011, 16:39
Localização: Centro
Agradecimento recebido: 9 vezes
Contacto:

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por projclvm »

No meu entender irá haver problema se as alimentações eletricas fossem independentes (apenas dois ramais) para as habitações, pois sendo a garagem comum às dua habitações, como seria feita a sua alimentação? com dois quadros parciais alimentados dos respetivos QE? de facto haver duas alimentações distintas num compartimento comum sem separação física é contra procedente.

LuisFCSoares
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 2
Registado: 23 set 2017, 13:31
Profissão: Eng. Eletrotécnico

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por LuisFCSoares »

Estive a ler a situação, eu tenho uma idêntica.

O projecto vai ser num terreno, uma única entrada para o terreno. Agora vão ser construídas duas moradias germinadas com um único acesso, nada é partilhado, uma moradia é para o dono do terreno, a outra é para o filho.

Estou a executar o projecto do seguinte modo:

Uma VCM (500x500x700) no limite da propriedade em frente da porta de acesso às vivendas, dessa caixa saem dois tubos de ERM 40 para cada uma das moradias até aos ATI (por moradia), projectei uma rede interna para cada, e duas PAT p/ antenas. No fundo é como se fossem duas unifamílires.

A minha questão, posso fazer o projecto assim?

O projecto de electricidade, executei com um único ramal, uma coluna de alimentação e dois contadores.

Dias.Rje
Curioso
Curioso
Mensagens: 23
Registado: 05 set 2018, 09:32
Profissão: Eng. Electrotécnico
Localização: Almada

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por Dias.Rje »

LuisFCSoares Escreveu:
26 mar 2020, 19:51
Estive a ler a situação, eu tenho uma idêntica.

O projecto vai ser num terreno, uma única entrada para o terreno. Agora vão ser construídas duas moradias germinadas com um único acesso, nada é partilhado, uma moradia é para o dono do terreno, a outra é para o filho.

Estou a executar o projecto do seguinte modo:

Uma VCM (500x500x700) no limite da propriedade em frente da porta de acesso às vivendas, dessa caixa saem dois tubos de ERM 40 para cada uma das moradias até aos ATI (por moradia), projectei uma rede interna para cada, e duas PAT p/ antenas. No fundo é como se fossem duas unifamílires.

A minha questão, posso fazer o projecto assim?

O projecto de electricidade, executei com um único ramal, uma coluna de alimentação e dois contadores.
Boas, tem de ter duas CVM, uma para cada ATI.
Cumprimentos,
Ricardo Dias

LuisFCSoares
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 2
Registado: 23 set 2017, 13:31
Profissão: Eng. Eletrotécnico

Re: Moradias Geminadas: ITED e Elétrico

Mensagem por LuisFCSoares »

OK.

Muito obrigado.

Então vou optar pela CVM 300x300x300.

Eu estou a optar por um amplificador de mastro em vez do amplificador de vivenda, acha que este último era melhor, a distancia do ATI à antena é de 22m, Foi tudo projectado com material da TEKA.

Responder

Voltar para “Dúvidas”