Estudo projeto ITED3a

Responder
Gil82
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 245
Registado: 14 abr 2010, 19:15
Profissão: Engenheiro Eletrotécnico
Localização: Barreiro
Enviou: 3 vezes
Agradecimento recebido: 26 vezes

Estudo projeto ITED3a

Mensagem por Gil82 »

Boas!

Tenho em mãos um estudo de projeto a executar uma rede ITED num apartamento, em que o edifício não tem rede coletiva (pré-RITA). Deverá ser um projeto ITED3a.
As alterações que se pretendem fazer é apenas num apartamento, mas o Manual ITED3 indica que deverão ser previstos vários requisitos, nomeadamente o dimensionamento de ATE e tubagem a cada fogo (supostamente inclusive aos que não terão intervenção no seu interior).
Estou a fazer uma leitura correta?
Para além de preparar a fração, terá de se prever para os restantes fogos?


Cumps!



dsrsantos
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 247
Registado: 11 dez 2009, 16:34
Profissão: Projectista
Localização: Leiria
Enviou: 8 vezes
Agradecimento recebido: 25 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por dsrsantos »

Se a operação urbanística apenas prevê a intervenção numa fracção, é só ao interior dessa que o projecto diz respeito. A fronteira desse ITED será num PTI a colocar de preferência na zona comum. A não ser que o condomínio ou o proprietário dessa fracção queiram suportar os custos da instalação de uma rede colectiva. Caso contrário, todos sabemos que os operadores vão arranjar forma de chegar com a sua fibra à fracção...

luisilva78
Técnico Dedicado
Técnico Dedicado
Mensagens: 401
Registado: 09 dez 2014, 19:10
Profissão: Eng.º Electromecânico
Enviou: 13 vezes
Agradecimento recebido: 40 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por luisilva78 »

A mim parece-me que não é assim. Se está a fazer o projecto de uma fracção é isso que deve prever. O projecto inicia na PTI. Quando a parte colectiva for remodelada, nessa altura é que será dimensionado o ATE, CVM, coluna montante, etc.

Se a sua leitura estivesse correcta,qual era a vantagem do ITED3a, uma vez que tinha que fazer o projecto do edifício completo?

Gil82
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 245
Registado: 14 abr 2010, 19:15
Profissão: Engenheiro Eletrotécnico
Localização: Barreiro
Enviou: 3 vezes
Agradecimento recebido: 26 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por Gil82 »

Boas!

Pessoalmente também acho que não faz sentido, mas depois de fazer a rede no interior da fração, como vai ser ligada ao operador?
Essa questão de fazer a rede só até ao PTI e não a rede coletiva, onde me posso basear para seguir com essa diretiva? Realmente o que se pretende fazer é no interior da fração e não na rede coletiva (ou seja não remodelar a rede coletiva e que neste caso nem existe).


Cumps!

dsrsantos
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 247
Registado: 11 dez 2009, 16:34
Profissão: Projectista
Localização: Leiria
Enviou: 8 vezes
Agradecimento recebido: 25 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por dsrsantos »

Gil82 Escreveu: 10 fev 2020, 10:21 Boas!

Pessoalmente também acho que não faz sentido, mas depois de fazer a rede no interior da fração, como vai ser ligada ao operador?
Essa questão de fazer a rede só até ao PTI e não a rede coletiva, onde me posso basear para seguir com essa diretiva? Realmente o que se pretende fazer é no interior da fração e não na rede coletiva (ou seja não remodelar a rede coletiva e que neste caso nem existe).


Cumps!
Como é que as restantes fracções estão ligadas aos operadores?

Gil82
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 245
Registado: 14 abr 2010, 19:15
Profissão: Engenheiro Eletrotécnico
Localização: Barreiro
Enviou: 3 vezes
Agradecimento recebido: 26 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por Gil82 »

dsrsantos Escreveu: 10 fev 2020, 10:34
Gil82 Escreveu: 10 fev 2020, 10:21 Boas!

Pessoalmente também acho que não faz sentido, mas depois de fazer a rede no interior da fração, como vai ser ligada ao operador?
Essa questão de fazer a rede só até ao PTI e não a rede coletiva, onde me posso basear para seguir com essa diretiva? Realmente o que se pretende fazer é no interior da fração e não na rede coletiva (ou seja não remodelar a rede coletiva e que neste caso nem existe).


Cumps!
Como é que as restantes fracções estão ligadas aos operadores?
Pois não sei porque não há rede coletiva.


Cumps!

Avatar do Utilizador
Pedro Barradas
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 398
Registado: 31 mar 2011, 17:09
Profissão: ARQUITECTO| Projectista SCIE
Localização: ALENTEJO
Enviou: 29 vezes
Agradecimento recebido: 26 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por Pedro Barradas »

Amigos, sendo um aremodelação de edifico pre-existente, enquadra-se na legislação da reabilitação urbana, pelo que na parte do ITED, existem recomendações especificas.
Ler aqui as FAQs na ANACOM
https://www.anacom.pt/render.jsp?categoryId=360635

e o manual ITED relativo ao que pode ser dispensado ou não:
http://www.portaldahabitacao.pt/opencms ... elecom.pdf
Quem cria renasce todos os dias...
Agua-Mestra, Lda
ANPC 424

Avatar do Utilizador
angel_of_diablo
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 904
Registado: 25 jul 2008, 15:13
Profissão: Eng.º Técnico Electrotécnico
Localização: Leiria
Agradecimento recebido: 9 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por angel_of_diablo »

Gil82 Escreveu: 07 fev 2020, 10:54 Boas!

Tenho em mãos um estudo de projeto a executar uma rede ITED num apartamento, em que o edifício não tem rede coletiva (pré-RITA). Deverá ser um projeto ITED3a.
As alterações que se pretendem fazer é apenas num apartamento, mas o Manual ITED3 indica que deverão ser previstos vários requisitos, nomeadamente o dimensionamento de ATE e tubagem a cada fogo (supostamente inclusive aos que não terão intervenção no seu interior).
Estou a fazer uma leitura correta?
Para além de preparar a fração, terá de se prever para os restantes fogos?


Cumps!
Olá "Gil82".
Já me passou pelas mãos uma situação igual.
O projeto era de remodelação de uma fração, o edifício não tinha nada de ITED na parte coletiva, a entrada do cabo dos operadores para cada fração era por uma janela de cada fração.
Lendo o manual ITED 3 (parte das remodelações) e se não existe nada de ITED no edifício, então fiz o projeto da rede coletiva como se fosse novo, incluindo CVM na rua e PTI nas frações que não iam ser mexidas.
O gabinete de arquitetura não concordou com a solução e insistiu que não era preciso mexer na parte coletiva.
Pedimos informações à ANACOM. Com muita insistência do gabinete de Arquitetura, a ANACOM lá respondeu.
Abaixo a resposta da ANACOM:
Na sequência do vosso pedido de informação, após análise técnica, e por despacho do Diretor de Fiscalização, de
2019.08.01, cumpre-nos informar:

O Decreto-Lei n.º 123/2009, de 21 de maio, com a redação dada pelo Decreto-Lei n.º 92/2017, de 31 de julho,
estabelece o regime jurídico aplicável ao projeto e à instalação de infraestruturas aptas ao alojamento de redes de
comunicações eletrónicas em edifícios (ITED), bem como à construção de infraestruturas de telecomunicações em
loteamentos, urbanizações e conjuntos de edifícios (ITUR).

A aplicação do RERU (Regime Excecional para a Reabilitação Urbana), surge através da entrada em vigor do Decreto-
Lei n.º 53/2014, de 8 de abril, que visa a adoção de medidas excecionais e temporárias de simplificação administrativa,
na reabilitação de edifícios cuja construção tenha sido concluída há pelo menos 30 anos.

O RERU simplifica bastante as redes individuais de telecomunicações, ao mesmo tempo que garante, na rede coletiva,
a instalação de tubagem e de cablagem nas três tecnologias, ou seja, em par de cobre, cabo coaxial e fibra ótica.

O RERU foi pensado para a reabilitação dos edifícios na sua globalidade, não sendo aplicável à reabilitação de um
único fogo, como parece ser o caso em apreço. Para este caso aplica-se a 3.ª edição do Manual ITED, ponto 4.3,
projeto de edifícios construídos.

A reabilitação de um único fogo num edifício não implica a construção de uma coluna montante, embora seja
recomendada, de forma a evitar dificuldades no acesso dos operadores ao fogo reabilitado, e facilitando o fornecimento
de serviços de qualidade aos fogos já existentes. O fogo reabilitado poderá considerar as figuras do PTI/PCS, embora
seja recomendada a instalação de PTI/ATI.

Em qualquer caso quer se opte, ou não, pela instalação de uma coluna montante, deverá considerar-se a aplicação do
ITED3a, ponto 4.3.2.1 do referido manual.

Na expetativa de que tenha ficado esclarecido, face às dúvidas apresentadas, a ANACOM fica disponível para outras
solicitações.
Resumos:
1) Projeto de ITED da parte coletiva todo para o lixo;
2) Fração a remodelar com PTI do lado de fora da porta;
3) ATI da fração ligado ao PTI e PTI ligado à fachada principal por onde entra o cabo do operador.
4) Fração remodelada segundo o ITED 3 (como se fosse uma fração nova).

Tanta exigência com a retirada dos cabos da fachada e o resultado final é este... Enfim.

PS:
Lá ganhou a Arquitetura, desta vez...
"Nós somos todos ignorantes, mas em diferentes áreas".
É tudo, por agora...

Imagem
(angel_of_diablo)

Gil82
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 245
Registado: 14 abr 2010, 19:15
Profissão: Engenheiro Eletrotécnico
Localização: Barreiro
Enviou: 3 vezes
Agradecimento recebido: 26 vezes

Re: Estudo projeto ITED3a

Mensagem por Gil82 »

Boas!

Obrigado pela informação! Fiquei esclarecido!


Cumps!

Responder

Voltar para “ITED / ITUR”