Questões sobre Instalação Eléctrica

Faiante
Electricista de 3ª
Electricista de 3ª
Mensagens: 274
Registado: 08 mai 2018, 10:58
Profissão: pré-reformado da EDP
Agradecimento recebido: 18 vezes

Re: Questões sobre Instalação Eléctrica

Mensagem por Faiante »

Boas meu caro “maverick”

Peço desculpa se o meu post lhe causou mais confusão, quando manifestei a minha humilde opinião, seria, de facto para o elucidar e ajudar
nas tomadas de decisão sobre as melhores práticas a ter numa canalização elétrica como essa.
Passemos então ao esclarecimento cabal das questões que me coloca:
1º - Vamos desde já esclarecer a questão do neutro comum.

1.1 - O condutor neutro é comum a toda a instalação elétrica, quer seja numa habitação,
quer seja numa industria ou até mesmo na rede distribuição. Esta situação só se
torna viável a partir do neutro do transformador, melhor dizendo a partir do Q.G.B.T.
em que esta sigla significa o quadro geral de baixa tensão.
2º - Quanto à dica deixada pelo seu eletricista, apenas terá alguma razão de ser, pois as
instalações elétricas do antigamente, eram feitas com base nos conhecimentos empíricos,
logo eram executadas dessa maneira, devido ao facto de desconhecerem a lei vigente.
3º - Todas as canalizações antigas apresentavam na sua execução o tubo tipo Bergman. O
qual era dotado no seu interior de fitas de pano afim de isolar os condutores elétricos.
No entanto, devido ao passar dos anos, estes tubos ganhavam pontos de ferrugem
causando a deterioração do material isolante. Daí a importância de substituir a
canalização elétrica, dotando-a de circuitos independentes, tal como fora indicado por
outros colegas em post`s anteriores ao meu.
Aconselhando por isso, a refazer a sua instalação elétrica de acordo com as regras
Vigentes, isto é com as secções nelas descritas ou seja 1,5 mm2 para iluminação e de
2,5 mm2 para tomadas. Quanto à utilização de máquinas de lavar ou outras deve-se
executar o circuito elétrico de acordo com as potências das mesmas, de acordo com
comprimento a que estas irão ficar.

4º - Daí que se dotem as instalações elétricas de quadros parciais, por forma a garantir o
Seguinte:
4.1 – A protecção contra sobrecargas e curto-circuitos.
4.2 – Garantir a segurança de pessoas e animais e, bens.
4.3 – Assegurar que toda a instalação não apresente quedas de tensão superiores ás
Legisladas.
4.4 – E por último suponhamos que habitas numa casa/apartamento antiga e queres
Renovar a canalização elétrica dessa habitação. Se deixar de parte o sistema da
canalização antiga será bem provável que o diferencial de protecção comece a
disparar sem que vislumbre a olho nú, qualquer anomalia no sistema elétrico.
5º - Transcrevo e passo a citar um pequeno excerto das regras técnicas sobre a ligação
comum do condutor de neutro
241.4 - Condutor de ligação do neutro à terra.
Condutor que permite ligar um ponto do condutor neutro a um eléctrodo de terra.
6º - A sua visão sobre o dimensionamento de uma canalização está correta, faltando
apenas dizer que os diferenciais não protegem as canalizações elétricas quanto a
sobrecargas e curto-circuitos. Daí a necessidade de se dotarem os circuitos de
disjuntores, uma vez que os fusíveis são proibidos num quadro de uma
habitação. Existe uma única exceção, que é aquela em que o quadro elétrico
apresente sinalizadores de fase, sendo que, neste caso, a protecção é efetuada
por fusíveis do tipo cilíndrico de acordo com a potência da lâmpada usada.
7º - Apesar do seu raciocínio estar correto quanto às proteções diferenciais, jamais
colocaria um diferencial a proteger o circuito de alimentação ao Q.P (quadro
parcial da cozinha). A não ser que o amigo pretenda que esse diferencial
proteja toda a instalação da cozinha de contactos acidentais indiretos.

Espero ter ajudado a dissipar as suas dúvidas. Sempre ao dispor de todos aqueles
que pretendem aprender algo mais sobre eletricidade.


Cptos
JAG
luisilva78
Técnico Dedicado
Técnico Dedicado
Mensagens: 523
Registado: 09 dez 2014, 19:10
Profissão: Eng.º Electromecânico
Enviou: 18 vezes
Agradecimento recebido: 48 vezes

Re: Questões sobre Instalação Eléctrica

Mensagem por luisilva78 »

maverick Escreveu: 11 jun 2021, 11:44
luisilva78 Escreveu: 11 jun 2021, 00:49 O maverick só pediu:
maverick Escreveu: 09 jun 2021, 00:02 (...)
Seria possível direccionar-me à legislação referente a isto?
Foi isso que eu dei, no resto já não consigo ajudar (nem quero, para ser sincero). O que posso dizer, é que se fosse uma tarefa assim tão fácil, não havia estas discussões. Porque não pergunta ao tal electricista tão bom que conhece e que sabe tanto para lhe dizer em que secção das RTIEBT é que se baseia para dizer o que disse? Já ouvi muita gente dizer muita coisa sobre questões relacionadas com as regras técnicas de instalações eléctricas, mas muito poucas (ou mesmo nenhuma) justificam concretamente as suas certezas (assim mesmo quem não sabe parece que sabe).

Arranje um electricita que lhe faça o trabalho em condições, porque isso pode-lhe poupar muito dinheiro e chatices.

Se os electricistas não tiverem trabalho, vão ter que ir para o desemprego e vir para os fóruns ensinar "de graça" que não sabe e não lhes quer dar trabalho.
Como se costuma dizer, "quem não sabe é como quem não vê": já ando por cá à anos suficientes para saber como as coisas funcionam: cada electricista com quem falar diz da sua justiça, e estão todos certos, o outro é que está errado - aliás algo que já observei variadas vezes.
Portanto ou conheceria a legislação e os artigos de cor, para efectivamente aferir a informação transmitida por cada electricista, ou então tenho que me sujeitar ao que cada profissional diz, porque no entender do indivíduo, cada um tem sempre razão - ou como você diz, "assim mesmo quem não sabe parece que sabe".

"Arranje um electricista que lhe faça o trabalho em condições" segundo os próprios fazem sempre os trabalhos em condições. E é exactamente este o motivo que me trouxe a este forum procurar informação, numa comunidade que me parece séria e que leva a sério as regras vigentes.
Aliás, eu de facto não sei se a sua profissão é esta, o forum diz que é "técnico dedicado" mas isso vale o que vale aqui. Quando pergunto quais os artigos específicos de interesse, você diz "no resto não consigo ajudar (nem quero, para ser sincero)" portanto, não sabe e sendo da área teria dificuldade em encontrar os artigos que fundamentam as demais afirmações, podemos sub-entender que fala por falar, sem qualquer sustentação. Qualquer outro electricista me pode dar uma resposta semelhante à sua, aliás, imagino que seria até provável.
(...)
Ainda não tinha tido oportunidade de responder a isto, mas como já foi dito por outros utilizadores do fórum, esta regulamentação é bastante extensa e complexa e nem sempre é fácil encontrar o que se quer (está dividida em secções para estar alinhada com a regulamentação internacional, mas mesmo assim não é muito directa a forma como está organizada). Também, encontrando-se a secção em que está o que queremos, nem sempre é de fácil interpretação. Isto é tanto assim, que existe uma publicação do organismo responsável pelas instalações eléctricas em Portugal (Direcção Geral de Energia e Geologia) que tenta esclarecer e enquadrar certos aspectos do regulamento que estarão menos claros. Foi nesse sentido que foi dito no post anterior: "no resto já não consigo ajudar (nem quero, para ser sincero)". Isto é coisa para dar bastante trabalho e não vai servir para grande coisa, sem ser para contrariar o tal electricista da EFACEC que nem sequer está aqui para se defender. (por vezes, quem não sabe interpreta de forma errada, ou faz extrapolações que não deve, uma coisa que neste caso pode muito bem estar a acontecer)

Existe ainda outro factor, que são as boas regras práticas. Por uma coisa ser "legal", não que dizer que se faça, se as regas (que normalmente não estão escritas) disserem outra coisa.

No caso concreto da dúvida que se levantou neste post, o que diz o regulamento é:
521.6.PNG
521.6.PNG (42.75 KiB) Visto 444 vezes
No entanto, o que diz a versão comentada da DGEG é:
521.6-DGEG.PNG
521.6-DGEG.PNG (93.63 KiB) Visto 444 vezes
Portanto, neste caso específico, a lei diz que pode ser feito! No entanto, a DGEG diz que não deve ser feito: "Numa conduta (...) apenas devem, em regra, existir condutores de um único e mesmo circuito"!!! (mesmo quando se criam excepções para se poder fazer há uma série de requisitos para que se tolere essa prática)

Se os circuitos não forem comuns, as outras questões (condutor de protecção e caixas de derivação) não fazem sentido.

PS: já agora, "técnico dedicado" é o estatuto no fórum não é a profissão.
Freitas Charles
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 1
Registado: 21 jul 2021, 14:34
Profissão: Electricista
Localização: Beira

Re: Questões sobre Instalação Eléctrica

Mensagem por Freitas Charles »

Fase e terra produz uma tensão de 190volts mas quando ligo o freezer a tensão tende a zero porque?
Responder

Voltar para “Eletricidade Residencial”