Formação Nível IV e Média Tensão

Faiante
Curioso
Curioso
Mensagens: 34
Registado: 08 mai 2018, 10:58
Profissão: pré-reformado da EDP
Agradecimento recebido: 4 vezes

Re: Formação Nível IV e Média Tensão

Mensagem por Faiante » 11 jul 2018, 19:12

Boas meu caro Icmonteiro.

Concretamente o que precisa saber sobre média e alta tensão. Estarei disponível para o ajudar tanto neste assunto como em outros referentes ao tema em causa.

Relembro que o colega Nelmindo indicou-lhe um link, sobre esta matéria.

CP

JAG



lcmmonteiro
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 136
Registado: 19 abr 2017, 15:34
Profissão: Eletricista
Localização: Barreiro
Enviou: 1 vez
Agradecimento recebido: 10 vezes

Re: Formação Nível IV e Média Tensão

Mensagem por lcmmonteiro » 11 jul 2018, 19:54

Boa tarde.

Agradeço a sua amabilidade.

O que preciso mesmo nesta fase e passar para a exploração nível 4 para poder assumir a responsabilidade dos trabalhos que executo.

E é aqui que estou com dificuldade pois já contactei dezenas de entidades formadoras e parece que não há nada...

Como vou frequentar um ctesp de condução e Acompanhamento de Obras no próximo ano letivo não estava muito preocupado com esta questão este ano... mas dada a necessidade profissional tenho mesmo que procurar forma de aumentar a minha certificação. ..

lcmmonteiro
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 136
Registado: 19 abr 2017, 15:34
Profissão: Eletricista
Localização: Barreiro
Enviou: 1 vez
Agradecimento recebido: 10 vezes

Re: Formação Nível IV e Média Tensão

Mensagem por lcmmonteiro » 16 set 2018, 13:59

Atualização:

Apesar de já me ter inscrito em centros de formação como o IEFP e Centros Qualifica para realizar o RVCC Pro ou outro tipo de formação por forma a obter o 12º, informo que já à mais de 2 meses que me encontro à espera e infelizmente ninguém é capaz de dar resposta...

não entendo o porquê da criação destas entidades que visam aumentar a escolaridade dos cidadãos portugueses se não são capazes de dar resposta para aquilo que foram criadas.... infelizmente é o que temos...

tenho tentado alternativas mas apenas com sucesso em formações de curta duração nas várias ufcd's nas áreas da energia. Aqui parece que é bem mais fácil obter informação e progressão.

Como me inscrevi na faculdade para frequentar um CTeSP este ano letivo, tenho adiado outras possibilidades de formações mas, parece que este ano não houve inscrições suficientes para abrir o curso em questão e, caso assim mantenha parece que terei que me inscrever no ensino secundário noturno e acabar as unidades que me faltam (embora através do RVCC fosse mais rápido).

Se entretanto alguém conhecer outras alternativas, agradeço a partilha.

lcmmonteiro
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 136
Registado: 19 abr 2017, 15:34
Profissão: Eletricista
Localização: Barreiro
Enviou: 1 vez
Agradecimento recebido: 10 vezes

Re: Formação Nível IV e Média Tensão

Mensagem por lcmmonteiro » 29 set 2018, 21:04

Venho partilhar convosco a minha situação de total descontentamento na procura de um RVCC Pro com o objetivo já aqui discutido, qual irei partilhar o meu último email enviado diretamente para o único contacto disponível no site do Qualifica.

Considero esta situação muito triste e desmotivante para um cidadão português e que paga os seus impostos e que vê investimentos a serem criados em entidades de formação que tomam um processo deste género....



Boa noite.

Venho por este meio apresentar uma reclamação e total descontentamento da minha parte face à inscrição e fase inicial no processo RVCC junto da Escola Secundária de Santo André.


No inicio de Julho de 2018 dirigi-me ao centro qualifica sito na Escola Secundária de Santo André no Barreiro onde solicitei informações sobre possíveis formações por forma a poder entregar na DGEG, onde me encontro inscrito à largos anos como Técnico Responsável por Execução de Instalações Elétricas Nível 2, o certificado do 12º Ano que me permita o aumento da certificação junto da DGEG para Técnico Responsável pela Exploração de Instalações Elétricas Nível 4. Fui informado que deveria realizar uma inscrição acompanhada de alguns documentos pessoais e certificado de habilitações e em breve (sensivelmente entre uma a duas semanas) seria contactado para uma entrevista onde iriam analisar o meu percurso académico e profissional por forma a encaminhar para a modalidade de formação mais adequada.

No dia 19/07/2017 recebi as credenciais de acesso ao Passaporte Qualifica onde verifiquei que a minha inscrição deu entrada na plataforma no dia 17/07/2018. Contudo não constava mais qualquer informação para além dos meus dados pessoais e apesar de ter explorado esta plataforma em que todos os percursos concluíam apenas na pesquisa de centros de formação, pouco ou nada fiz na respetiva plataforma.

Entretanto e visto já ter sido ultrapassado o tempo que me informaram, no dia 27/07/2018 contactei via correio eletrónico a Sra. Cristina Costa (cristinacosta.geo@aesa.edu.pt), a solicitar informações sobre o meu processo qual me respondeu que estavam com muito trabalho e que seria contactado para meados de Setembro/Outubro.

Uma vez que já começamos mal, onde a informação anteriormente prestada não foi respeitada e já estavam a ocorrer atrasos, decidi contactar o IEFP do Seixal, onde me inscrevi e rapidamente fui chamado para uma sessão de esclarecimento, qual foi muito esclarecedora, foi apresentado o modelo do processo de RVCC e as várias modalidades de formação quais foram do meu agrado e principalmente toda a apresentação do processo em si e todas as respostas às várias perguntas colocadas. No final desta sessão fui informado que para poder dar continuidade à inscrição deveria solicitar ao centro da ESSA a transferência da minha inscrição.

No dia 5 de Setembro de 2018 contactei novamente a Sra. Cristina Costa (cristinacosta.geo@aesa.edu.pt) onde informei que tinha sido contactado telefonicamente por uma pessoa que se apresentou como funcionária do centro qualifica da ESSA com a indicação de que deveria dirigir-me às instalações do centro qualifica da ESSA acompanhado de uma fotografia, certificado de habilitações e 15€ para formalizar a minha inscrição entre as 9.00 e as 16.30 Horas. Questionei esta senhora sobre a que assunto se referia pois não estava a perceber a sua conversa, no entanto não mostrou capacidade de dar as respostas necessárias indicando apenas que era a informação que tinha e que não sabia mais nada. É lamentável que exista este péssimo funcionamento nas entidades de formação.

No mesmo email informei ainda que o processo estava a ser demasiado demorado e totalmente fora do que me fora apresentado aquando da inscrição e que desejava realizar a transferência para o IEFP do Seixal. Para meu espanto recebo a seguinte resposta: "Este ano letivo não tenho funções de coordenação no Centro Qualifica, para pedir transferência para outro Centro tem de contactar a coordenadora do nosso Centro Qualifica, Alzira Esteves. Com os melhores cumprimentos. Cristina Costa".


Tentei contactar por várias vezes a coordenadora em questão mas muito dificilmente atendiam o telefone com o número 212170670 ou quando atendiam informavam que a coordenadora não estava presente e só ela podia dar encaminhamento à transferência.

Mais uma vez os profissionais do centro de formação mostram uma total incapacidade em dar as respostas necessárias impedindo de total modo qualquer formando que deseje dar continuidade ao seu processo de formação.

Entretanto passado alguns dias, recebo um telefonema da Sra. Cristina Costa a informar que tinha lido os meus emails e a apresentar o seu pedido de desculpas e a cativar-me para que dê continuidade à minha inscrição neste centro uma vez que já estavam a dar os passos iniciais e que agora seria um processo bastante rápido. Respondi que estava descontente por não cumprirem o que me apresentaram e que no IEFP do Seixal já estava numa fase mais avançada mas, uma vez que o centro da ESSA é bem mais perto da minha área de residência do que o do Seixal ser-me-ia vantajoso poder dar continuidade ao processo de RVCC nesta escola mas que ia exigir uma total transparência e celeridade no processo. E assim ficou combinado e agendada uma suposta entrevista por forma a dar continuidade ao meu processo de RVCC, e digo suposta porque foi o que a Sra. Cristina Costa me informou "entrevista" para o dia 26 de Setembro de 2018 às 18.30 Horas.

Às 18.20 Horas dirigi-me às instalações do Centro Qualifica na ESSA e indicaram-me que a sessão seria no auditório onde já se encontravam algumas pessoas. Aqui encontramos já outro problema, ou seja, a entrevista afinal era uma sessão no auditório em conjunto com outros formandos. Rapidamente apercebi-me que não era nada do que tinha sido combinado e posteriormente esperado por mim.

Após pouco mais de uma hora a assistir a duas pessoas apresentadas como professoras e psicólogas apercebi me de um conjunto de situações repletas de erros e omissões por estas duas professoras / psicólogas apresentadas e um conjunto de potenciais formandos completamente perdidos no meio de tanta informação prometida e que nada de real tinha ou viria a ter.

Contudo, irei apenas focar-me na minha experiência nesta sessão onde na gíria do povo rapidamente é denominada como “circo”.

Pensando eu que iria para uma entrevista onde seria analisado o meu percurso académico e profissional por forma a dar início a um processo de RVCC Pro, pois foi para isso que me inscrevi neste centro e foram estas as informações que me foram prestadas, onde o RVCC é o Reconhecimento e Validação de Conhecimento e Competências Adquiridas ao longo da vida em contexto formais, não formais e informais, certificando estes conhecimentos e competências com uma habilitação escolar e/ou Certificação Profissional (volto a frisar que no IEFP do Seixal foi prestada esta informação, as modalidades de formação e exames que demonstram e comprovam os conhecimentos técnicos nas áreas que os formandos se propõem certificar de acordo com os referenciais disponíveis no CNQ), aqui nesta dita sessão não foi apresentado o programa RVCC, nenhuma modalidade de formação, nem calendários e horas de formação necessárias de acordo com os regulamentos.

Apenas foram distribuídas 3 fichas para posterior preenchimento de cada formando que deveriam entregar 8 dias depois, e estas duas psicólogas dedicaram-se quase 2 horas a explicar ponto por ponto de cada ficha “ensinando” o seu preenchimento focado apenas em pura psicologia infantil, pois foi o que estas duas pessoas fizeram, dedicaram-se a “brincar” com palavras e desmotivar qualquer ouvinte focando-se em adjetivos e formações com a escolha das áreas com maior saída profissional descurando os gostos, interesses e dedicação que qualquer pessoa interessada em obter conhecimentos e certificações nas áreas escolhidas por si próprias. Foram capazes de levar à exaustão, total confusão e desmotivação as cerca de quase 30 pessoas presentes quais colocaram as suas questões técnicas, descontentamento com as promessas que tinham apresentado na fase de inscrição e que já estavam em Setembro e não tinham nada mais do que um estado de espera de já largos meses e uma mistura de informações prestadas pelos ditos profissionais de que em nada batiam certo nem tão pouco respeitadas.

Apesar de ter existido dezenas de pessoas a colocar as suas questões e eu assistir a uma total confusão na inexistência de uma uniformidade na informação de todo este processo aguardei pelo final da dita sessão para expressar os meus sentimentos e ideias sobre todo este processo mal orientado e total desorganização.

E assim foi, aguardei pela minha vez e, entreguei as 3 fichas às duas senhoras professoras e/ou psicólogas e informei que o que eu tinha assistido tinha sido uma sessão de pura psicologia e não de um processo de RVCC onde não falaram nem sobre o RVCC, nenhuma modalidade de formação nem tão pouco tinham qualquer conhecimento sobre este processo, pois não foram capazes nem por forma autónoma prestar tais informações, nem quando estas foram colocadas justificando sempre que não tinham qualquer responsabilidade nos atrasos, nem no calendário, nem em nada… as coisas aconteciam quando fossem oportunas. Rapidamente uma das senhoras mostrou-se de tal modo indignada que nem tentou perceber o que eu sentia e quais as razões do meu total descontentamento, focando-se apenas e dizendo se não está interessado faça o favor de assinar aqui na folha de presenças e indicar que quer desistir. Muito respeitosamente respondi que tenho todo o direito em expressar o que sinto e destacar os pontos que o programa Qualifica apresenta e que na minha opinião deveriam ter sido apresentados ao invés de uma brincadeira de psicologia que acredito que funcione nas mentes mais jovens que ainda não atingiram o nível de maturidade para o entenderem. Tentei ainda mostrar que no meu caso em particular tinha dado uma segunda oportunidade a esta escola, pelas razões já anteriormente referidas, e que a esta sessão de esclarecimento não se apresentou em nada como a do IEFP do Seixal, onde e voltei a explicar com real foco, foi apresentado o modelo de RVCC, modalidades de formação e todas as formas disponíveis para qualquer candidato, tal como foram ainda respondidas todas as questões colocadas sendo que no final todos sabiam qual o próximo passo a dar e, que neste momento eu tinha perdido tempo por não terem realizado a minha transferência para o IEFP do Seixal para assistir a uma sessão onde me tinham prometido dar inicio ao processo de RVCC Pro já com quase 3 meses de espera após a inscrição e que iria sair dali sem saber como e quando esta escola daria inicio ao meu processo. Informei ainda que é mais fácil candidatar, concorrer a uma faculdade e passar no exame de admissão do que dar início a um processo de RVCC junto desta escola, pois foi o que fiz este ano, concorri ao CTeSP em Condução e Acompanhamento de Obras onde fui admitido com nota final de 16 valores mas, infelizmente o curso não vai ser lecionado no próximo ano letivo. A mesma senhora ignorou-me respondendo novamente se não quer continuar assine aqui na folha de presenças que quer desistir… acabei por ter que abandonar este centro pois já estava na fase em que nada do que fizesse valeria a pena e, saí triste, desmotivado e descontente, pois sou um cidadão português que paga as suas contribuições e que tenta melhorar a sua situação académica e certificações profissionais por forma a poder evoluir profissionalmente e que se vê totalmente de mãos atadas não conseguindo alcançar os seus objetivos apesar de existirem mecanismos e entidades criadas para este propósito sendo impossibilitado de dar continuidade por existirem profissionais que simplesmente não têm a capacidade e ética profissional capazes de cumprir os regulamentos e normas que estes obrigatoriamente deveriam seguir e dar como exemplo.

De modo que concluo que este processo de RVCC nesta escola não será realizado nem por mim nem por nenhum cidadão que neste centro se inscreva, pois os profissionais que aqui trabalham não são capazes de os encaminhar de forma correta.

Neste momento não sei mais o que pensar nem o que fazer por forma a realizar um RVCC Pro que me permita concluir o 12º Ano (pois penso que o mais simples, após ter assistido a tudo isto, seja inscrever-me no ensino noturno onde me é possível propor a exames e rapidamente o concluir, pois faltam poucas unidades), aumentar a minha certificação profissional junto da DGEG como também obter outras certificações nas diversas áreas da Construção Civil que é a área que trabalho à quase 15 anos.

Agradeço a vossa atenção na leitura deste testamento mas, preciso mesmo de alcançar o objetivo em obter mais formação académica e certificações profissionais e agradeço se possível uma recomendação para um correto acompanhamento que me permita atingir os objetivos já apresentados.

Responder

Voltar para “Dúvidas”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes