Envio de projetos DGEG

Responder
Nelson Pinho
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 696
Registado: 05 nov 2012, 20:32
Localização: Porto
Enviou: 5 vezes

Envio de projetos DGEG

Mensagem por Nelson Pinho » 06 fev 2018, 23:47

Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ???
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade??
Como cálculo o Icc das instalações coletivas???



Avatar do Utilizador
daniel_gg91
Curioso
Curioso
Mensagens: 23
Registado: 10 out 2013, 11:53
Profissão: Engenheiro Electrotécnico
Agradecimento recebido: 3 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por daniel_gg91 » 07 fev 2018, 00:20

Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Cump.
Daniel Guerreiro

Nelson Pinho
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 696
Registado: 05 nov 2012, 20:32
Localização: Porto
Enviou: 5 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por Nelson Pinho » 08 fev 2018, 14:43

daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???

ENERGY
Team Apoio
Team Apoio
Mensagens: 4981
Registado: 18 fev 2009, 21:21
Profissão: Eletricista
Localização: Portugal de Norte a Sul
Enviou: 21 vezes
Agradecimento recebido: 164 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por ENERGY » 08 fev 2018, 21:58

Nelson Pinho Escreveu:
08 fev 2018, 14:43
daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???
Boas
Os coeficientes de simultaneidade já eram, deixaram de ser aplicados.
Cpts.
Energy

Nelson Pinho
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 696
Registado: 05 nov 2012, 20:32
Localização: Porto
Enviou: 5 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por Nelson Pinho » 09 fev 2018, 07:27

ENERGY Escreveu:
08 fev 2018, 21:58
Nelson Pinho Escreveu:
08 fev 2018, 14:43
daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???
Boas
Os coeficientes de simultaneidade já eram, deixaram de ser aplicados.
mesmo para o cálculo das colunas montantes por exemplo? Então na ficha eleteotecnica do projeto de execução já não se coloca nenhum coeficiente???

dsrsantos
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 177
Registado: 11 dez 2009, 16:34
Profissão: Projectista
Localização: Leiria
Enviou: 6 vezes
Agradecimento recebido: 17 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por dsrsantos » 09 fev 2018, 14:39

Nelson Pinho Escreveu:
09 fev 2018, 07:27
ENERGY Escreveu:
08 fev 2018, 21:58
Nelson Pinho Escreveu:
08 fev 2018, 14:43
daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???
Boas
Os coeficientes de simultaneidade já eram, deixaram de ser aplicados.
mesmo para o cálculo das colunas montantes por exemplo? Então na ficha eleteotecnica do projeto de execução já não se coloca nenhum coeficiente???
O DL96/2017 não altera as RTIEBT. A exclusão da aplicação dos coeficientes de simultaneidade é somente para o enquadramento da instalação na alinea f) do n.º 1 do art.º 5º.
A meu ver na ficha electrotécnica aplicam-se os coeficientes já que a potência a fornecer pelo ORD tem em conta estes, conforme defenido nas RTIEBT.

ENERGY
Team Apoio
Team Apoio
Mensagens: 4981
Registado: 18 fev 2009, 21:21
Profissão: Eletricista
Localização: Portugal de Norte a Sul
Enviou: 21 vezes
Agradecimento recebido: 164 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por ENERGY » 09 fev 2018, 20:35

dsrsantos Escreveu:
09 fev 2018, 14:39
Nelson Pinho Escreveu:
09 fev 2018, 07:27
ENERGY Escreveu:
08 fev 2018, 21:58
Nelson Pinho Escreveu:
08 fev 2018, 14:43
daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???
Boas
Os coeficientes de simultaneidade já eram, deixaram de ser aplicados.
mesmo para o cálculo das colunas montantes por exemplo? Então na ficha eleteotecnica do projeto de execução já não se coloca nenhum coeficiente???
O DL96/2017 não altera as RTIEBT. A exclusão da aplicação dos coeficientes de simultaneidade é somente para o enquadramento da instalação na alinea f) do n.º 1 do art.º 5º.
A meu ver na ficha electrotécnica aplicam-se os coeficientes já que a potência a fornecer pelo ORD tem em conta estes, conforme defenido nas RTIEBT.
Boas
Eu também sou da opinião que nos cálculos de ramais para colunas montantes, se aplica os coeficientes de simultaneidade, mas para efeitos de cálculos para execução da Coluna Montante os coeficientes deixaram de existir.
Alias já questionei um inspetor do ISQ sobre essa situação e o mesmo ficou de boca aberta sem me saber responder.
Cpts.
Energy

Nelson Pinho
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 696
Registado: 05 nov 2012, 20:32
Localização: Porto
Enviou: 5 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por Nelson Pinho » 09 fev 2018, 22:31

ENERGY Escreveu:
09 fev 2018, 20:35
dsrsantos Escreveu:
09 fev 2018, 14:39
Nelson Pinho Escreveu:
09 fev 2018, 07:27
ENERGY Escreveu:
08 fev 2018, 21:58
Nelson Pinho Escreveu:
08 fev 2018, 14:43
daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
Junto do pedido de inspeção? Em papel? E durante a instalação apresentamos o projeto completo???

ok! Para determinar se a potência é acima ou abaixo dos 41,4kVA não se utilizam os coeficientes, mas depois para cálculo por exemplo de coluna montante em prédio já se colocam???
Boas
Os coeficientes de simultaneidade já eram, deixaram de ser aplicados.
mesmo para o cálculo das colunas montantes por exemplo? Então na ficha eleteotecnica do projeto de execução já não se coloca nenhum coeficiente???
O DL96/2017 não altera as RTIEBT. A exclusão da aplicação dos coeficientes de simultaneidade é somente para o enquadramento da instalação na alinea f) do n.º 1 do art.º 5º.
A meu ver na ficha electrotécnica aplicam-se os coeficientes já que a potência a fornecer pelo ORD tem em conta estes, conforme defenido nas RTIEBT.
Boas
Eu também sou da opinião que nos cálculos de ramais para colunas montantes, se aplica os coeficientes de simultaneidade, mas para efeitos de cálculos para execução da Coluna Montante os coeficientes deixaram de existir.
Alias já questionei um inspetor do ISQ sobre essa situação e o mesmo ficou de boca aberta sem me saber responder.
penso que quis dizer o contrário não???

Nelson Pinho
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 696
Registado: 05 nov 2012, 20:32
Localização: Porto
Enviou: 5 vezes

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por Nelson Pinho » 15 fev 2018, 21:41

daniel_gg91 Escreveu:
07 fev 2018, 00:20
Boas...como estão a fazer atualmente para enviar projetos simplificados ??? São enviados junto do pedido de inspeção
Ainda não da a plataforma certo??
A ficha eletrotécnica mantém se a mesma mas não se faz com base nos coeficientes de simultaneidade?? O coeficiente é só para ver qual a potência se é superior a 41,4, a ficha é igual.
Como cálculo o Icc das instalações coletivas??? Nas RTIEBT têm indicações dos valores a ter em conta para os calculos

Um abraço
temos referência dos valores a ter em causa? Onde???
ando aqui às aranhas no cálculo do Icc min e Icc max... já agora, o que a regulação ???

Avatar do Utilizador
projclvm
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 981
Registado: 12 jun 2011, 16:39
Localização: Centro
Agradecimento recebido: 7 vezes
Contacto:

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por projclvm » 25 fev 2018, 20:56

Também penso que só para efeitos de enquadramento com o DL. Aliás em termos técnicos, para efeito de calculo e dimensionamento das canalizações, continua tudo como do antecedente.

asmith
Curioso
Curioso
Mensagens: 13
Registado: 06 dez 2012, 21:35

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por asmith » 07 mar 2018, 15:08

Ao ler este tópico surgiram-me a dúvida:

Em que momento de todo o processo temos de enviar os projetos para a DGEG? Só no fim da obra quando for para fazer a inspeção? E durante ou antes não há qualquer comunicação?

Até faz sentido que seja no fim já com as telas finais, porque normalmente há sempre uma ou outra alteração durante obra...

torrado
Curioso
Curioso
Mensagens: 20
Registado: 09 ago 2009, 01:47
Localização: Coimbra
Enviou: 1 vez

Re: Envio de projetos DGEG

Mensagem por torrado » 11 mar 2018, 21:01

projclvm Escreveu:
25 fev 2018, 20:56
Também penso que só para efeitos de enquadramento com o DL. Aliás em termos técnicos, para efeito de calculo e dimensionamento das canalizações, continua tudo como do antecedente.
Apenas para efeitos da determinação da necessidade ou não de projeto para instalações do tipo C é que se ignoram os coeficientes de simultaneidade. As regras técnicas não foram alteradas, apenas se calcula a potência total sem coeficientes para verificar a condição >41,4kVA. Caso afirmativo requer projeto.
Não faço projetos deste tipo mas creio que esta regra acaba por determinar a exigência de projeto para muito mais edifícios coletivos residenciais.

Responder

Voltar para “Legislação Técnica”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes