Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Responder
Jorge Martins
Curioso
Curioso
Mensagens: 25
Registado: 12 mai 2008, 11:55

Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por Jorge Martins » 05 nov 2019, 18:35

Boa tarde,

Aparecem por vezes instalações de escritórios ou outros em que o comando da iluminação dos espaços é feito através de disjuntores instalados no próprio quadro, ou seja, sem interruptores nas paredes nem sequer no próprio quadro.
Tenho defendido que essa forma de executar não é correcta, dado que não é prático e que também a função do disjuntor não é comandar, mas sim proteger os circuitos contra sobre-intensidades. Além disso o número de manobras do interruptor é na generalidade superior ao do disjuntor. No mínimo devem instalar-se interruptores nos quadros.
Nada encontrei de explicito sobre o assunto nas RTIEBT. Até agora o mais próximo que encontrei nas RTIEBT foi a secção 465.1.1 "Deve-se prever um dispositivo de comando funcional para todos os elementos do circuito que necessitem de ser comandados independentemente das outras partes da instalação.", mas não é suficientemente claro para esta questão.

Existe também a questão dos escritórios serem edifícios recebendo público e que se devem evitar os interruptores (comandos acessíveis ao publico).
Agradeço a quem tenha conhecimento sobre este assunto que o partilhe.
Cumprimentos,



pedro caetano
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 245
Registado: 14 fev 2010, 13:12
Profissão: pre- oficial
Localização: messines- silves
Enviou: 116 vezes
Agradecimento recebido: 13 vezes

Re: Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por pedro caetano » 05 nov 2019, 21:44

boas. concordo com o que diz deve-se aplicar nos quadros interruptores tipo dijuntor para comandar circuitos que não devam ficar ao alcance do publico, pelo menos é isso que tenho feito. os dijuntores não devem fazer de interruptores .cump

Quadrista
Curioso
Curioso
Mensagens: 69
Registado: 05 mar 2015, 12:04
Profissão: Quadrista / Eletricista
Localização: Baguim do Monte
Agradecimento recebido: 5 vezes

Re: Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por Quadrista » 06 nov 2019, 09:58

Boas

Em todos os quadros que executamos, prevemos sempre a montagem de interruptores para os circuitos mesmo que não venham em projecto.

Cps

Jorge Martins
Curioso
Curioso
Mensagens: 25
Registado: 12 mai 2008, 11:55

Re: Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por Jorge Martins » 06 nov 2019, 20:15

Obrigado pelas respostas. Todavia creio que as RTIEBT não muito claras nessa questão, ou pelo menos eu ainda não descobri.

Avatar do Utilizador
nelmindo
Team Apoio
Team Apoio
Mensagens: 5122
Registado: 14 abr 2008, 10:52
Profissão: Electricista
Localização: PORTO
Enviou: 16 vezes
Agradecimento recebido: 144 vezes

Re: Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por nelmindo » 07 nov 2019, 12:09

As regras são claras, porque os disjuntores não são dispositivos de comando.
Eu compreendo que os interruptores até sejam mais difíceis de manobrar, do que um disjuntor. A força necessária para rearmar (ligar) um disjuntor é menor do que um interruptor e a desligar nem se fala...
Isso é porque o interrutor também normalmente é "rated" para 25A.
Nesses casos, quando o cliente se queixa que faz muita força, podemos usar o "tica-tac" como este: SVN312 da hager ou este SVN413 com a vantagem de ter um sinalizador para "alertar" que o circuito está ligado (para desligamos luzes que não conseguimos ver se estão ligadas ou não).

Uma das razões de não colocarem interrutores, é porque fica mais barato, porque se esquecem de incluir no orçamento, porque esquecem de reservar espaço no quadro e depois não são instalados porque não cabem...

Jorge Martins
Curioso
Curioso
Mensagens: 25
Registado: 12 mai 2008, 11:55

Re: Comando de iluminação através de disjuntores no quadro

Mensagem por Jorge Martins » 15 nov 2019, 17:34

Exacto os disjuntores não são dispositivos de comando. Nem mais, obrigado.

Responder

Voltar para “Dúvidas”